JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.
Parque das Nações, Chácara 73 Rua 11 – Padre Lúcio, Águas Lindas/GO

Alcoolismo: quando o consumo de bebidas para relaxar se transforma em vício

Problemas com Álcool ou Drogas? Podemos ajudar!
(61) 99870-8865 / (61) 99905-8865
Sintomas-de-quem-usa-Cocaína-1024x683

Consumo crônico tem forte relação com o emocional. Dia Nacional de Combate ao Alcoolismo conscientiza população dos riscos para a saúde física e mental.

Você já sentiu que deveria diminuir a quantidade de álcool ingerida? As pessoas já o irritaram quando o criticaram pelo excesso de consumo alcoólico? Já se sentiu mal ou culpado a respeito desse hábito? Já tomou bebida alcoólica pela manhã para “aquecer” os nervos ou se livrar de uma ressaca?

Se a sua resposta é sim para algumas dessas perguntas, é possível que haja alguma relação emocional ou física de vício ou problemas relacionados ao consumo de álcool. É o que indica o Ministério da Saúde.

Porém, segundo a entidade, é muito importante que a assistência médica seja procurada imediatamente, a fim de discutir as respostas para essas perguntas e traçar um parâmetro em torno do diagnóstico de alcoolismo ou não.

Só assim, a melhor estratégia de tratamento poderá ser indicada aos que realmente sofrem com a dependência alcoólica, considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como doença.

Para Rosângela Teixeira, médica clínica e hepatologista do Hospital Felício Rocho, o alcoolismo constitui, ainda, um sério problema de saúde pública, haja vista a alta incidência de consumo e das taxas de mortalidade em decorrência do vício pelo álcool.

Cintra IT - Tudo para sua empresa ou negócio viver bem na web.

De acordo com a OMS, em todo o mundo, cerca de 3 milhões de pessoas morrem por ano em razão do uso nocivo de álcool, representando 5,3% do total de mortes no globo. Na faixa etária entre 20 e 39 anos, aproximadamente 13,5% do total de mortes são atribuíveis ao álcool, segundo os dados da entidade. No Brasil, a prevalência de dependência alcoólica é de 12,3%, com maior ocorrência em pessoas do sexo masculino.

“O consumo de bebidas alcoólicas é uma prática muito antiga na história da humanidade, impregnada de múltiplos significados e rituais, frequentemente assentado em regras de conveniência social mediadas por disposições simbólicas, restritivas e permissivas. Já o termo alcoolismo caracteriza-se pela vontade incontrolável de beber, pela perda do controle sobre a quantidade que se bebe, pela incapacidade de parar a ingestão do álcool e pela tolerância progressiva ao álcool, o que requer ingestão progressivamente maior da substância para se obter seus efeitos”, aponta Rosângela Teixeira.

Além disso, ela destaca que o fácil acesso e o baixo custo tornam o álcool uma das drogas mais utilizadas e principal causadora de danos às famílias e à sociedade, fazendo com que a preocupação em torno do álcool não se resuma apenas a embriaguez, mas também a demais problemas que podem surgir no âmbito social e pessoal.

PORTA DE ENTRADA

O psiquiatra, Tasso Amós, pontua que o consumo de álcool tende a surgir como uma válvula de escape em momentos emocionalmente difíceis e aos poucos avançar para um quadro de dependência.

“Muitas pessoas em sofrimento psicológico buscam alívio no álcool, o que é potencialmente perigoso mesmo a curto prazo, já que a substância provoca descontrole emocional, aflora sentimentos de raiva e tristeza e, como consequência, potencializa o comportamento autoagressivo”, completa.

Fonte: Jornal MG

Cintra IT - Seu site profissional responsivo! Ligue (61) 98416-7091

Veja mais

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através do navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.