JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.
Parque das Nações, Chácara 73 Rua 11 – Padre Lúcio, Águas Lindas/GO

Como tratar o transtorno psiquiátrico gerado pela dependência química?

Problemas com Álcool ou Drogas? Podemos ajudar!
(61) 99870-8865 / (61) 99905-8865
transtorno-psiquiatrico-1068x558

A dependência química, enquadrada pela OMS como doença crônica e progressiva, funciona como uma bola de neve quando não tratada e, inclusive, piora se somar a algum transtorno psiquiátrico em decorrência da droga ou não. Do primeiro contato com a substância, a pessoa observa os efeitos positivos imediatos e a frustração que sente quando não usa. Cada vez mais, faz-se necessário aumentar o consumo para potencializar as sensações.

Muitas vezes a pessoa só se enxerga como dependente química quando relata para ela acessos de descontrole, ocorrido quando esta já estava sem noção da realidade. Quando se sente muito mal em períodos de abstinência e sua consequente perda de autonomia. Ou seja, quando de fato há prejuízos sociais e econômicos, como a necessidade de faltar compromisso, trabalho, faculdade e outros.

Consequência da dependência química no Brasil

A dependência química é uma realidade comum no Brasil.  Segundo o Relatório Mundial sobre Drogas da UNODC (The United Nations Office on Drugs and Crime), 34 % de todas as remessas resultantes de transações online de drogas analisados ao longo do período 2011-2020 partiu do Américas, o Brasil figura em 3º lugar.

O Ministério da Saúde tem buscado alcançar dependentes químicos através da Política Nacional de Saúde Mental ano após ano, contudo ainda não é suficiente para abranger a todos com eficiência.

Qual a relação entre dependência química com o transtorno psiquiátrico?

A dependência química quando não tratada, pode ser a causadora ou potencializadora de transtornos comportamentais, também chamado transtornos de humor, tais como:

  • Depressão;
  • Esquizofrenia;
  • Síndrome do pânico.

Logo, o abuso de substâncias ganha status de remédio para quem usa, porém, o efeito é justamente o contrário, pois um mal fortalece o outro. Isso ocorre devido ao modo que a droga afeta a atividade cerebral, em especial os neurotransmissores responsáveis pelo comportamento humano.

A Dopamina, por exemplo, é o neurotransmissor mais estimulado pelas drogas em geral. Na falta delas, tem-se a diminuição da dopamina e em seu lugar surge a Síndrome de Abstinência. A Síndrome de Abstinência se caracteriza por uma série de sintomas. São eles:

  • Comportamento compulsivo-agressivo;
  • Dor de cabeça;
  • Descontrole emocional
Quais substâncias apresentam maior risco à saúde do dependente?

Embora seja possível determinar quais substâncias apresentam maior risco à saúde do dependente químico, vale lembrar que nem todas elas são vendidas ilegalmente. Algumas se encontram nas prateleiras de supermercados e lojas, como o cigarro e o álcool (substâncias lícitas). As substâncias mais perigosas são:

  • Cocaína;
  • Crack;
  • Heroína;
  • Ecstasy;
  • Nicotina;
  • Álcool;
  • e etc.
Como auxiliar o dependente a superar o vício?

Ajudar um dependente químico não é fácil, ainda mais para a família e amigos que não são profissionais especializados.
Contudo, não se trata de uma situação tão distante dos demais, afinal, ao longo da vida todos são passíveis de serem viciadas em algo.

Cintra IT - Tudo para sua empresa ou negócio viver bem na web.

Certamente na família e amigos, existe alguém fumante há anos, alguém que já tentou parar de beber e não conseguiu. Isso sem contar os viciados em café que certamente já experienciaram deixar de tomar por um tempo e sentiram bastante dor de cabeça. Embora os exemplos acima sejam mais brandos se comparados a dependência química, capaz de afetar a saúde mental e de comprometer a autonomia, vida social e profissional da pessoa.

Mas o ponto é se espelhar na sua experiência pessoal em superar algo e tentar apoiar esse indivíduo. Após fazer esse exame de consciência, você será capaz de incentivar essa pessoa a superar tal desafio. Entretanto, o apoio de familiares e amigos deve estar atrelada ao tratamento especializado.

Acompanhamento psicológico

Alguns dos métodos mais eficazes para direcionamento do tratamento ideal devido à dependência química e seus transtornos psiquiátricos, tratam-se do acompanhamento psicológico. São eles:

Aconselhamento Biopsicossocial

O objetivo do aconselhamento biopsicossocial é ter contato com a realidade de cada paciente e entender sua visão da doença. Diante disso, mostrar conceitos de autopreservação e o grau da dificuldade que este possui de superar o vício.

Terapia Racional Emotiva (TRE)

A Terapia Racional Emotiva, método criado pelo psicólogo Albert Ellis, vem atacar interpretações limitantes e irracionais do paciente sobre sua vida, responsáveis por reforçar seu vício.

Programa dos 12 Passos

Trata-se de um espaço para o compartilhamento de experiências entre pessoas que passam pelo mesmo problema, no qual se aperfeiçoa o apoio mútuo pela sobriedade.

COMUNIDADE TERAPÊUTICA

Só quem convive ou passa por essa situação consegue mensurar a dificuldade de sair dela. Com o avanço da medicina e métodos de tratamento, não faz sentido aumentar o sofrimento de ajudar alguém a melhorar sozinho.

Conclusão

Observar a evolução do quadro de dependência química para transtorno psiquiátrico não é fácil. Na verdade, ambas doenças passam a andar juntas e uma nova realidade de sofrimento se instala. Contudo, como abordado neste artigo, também podem coexistir a causa e a solução. Afinal, uma é resposta para outra e que bom!

Fonte: Jornal Dia a Dia

Cintra IT - Seu site profissional responsivo! Ligue (61) 98416-7091

Veja mais

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através do navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.