JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

Consumo de drogas lícitas e ilícitas aumenta na quarentena

Problemas com Álcool ou Drogas? Podemos ajudar!
(61) 99870-8865 / (61) 99905-8865
consumo-1280x720

A pandemia do novo coronavírus trouxe números preocupantes de contágio rápido, mortes e também o aumento do uso de drogas em dependentes químicos que precisam de uma clínica de reabilitação.

O que os números dizem?

O levantamento do Centro de Convivência É de Lei, com apoio do Grupo de Pesquisas em Toxicologia e do LEIPSI (Laboratório de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos) publicado na Uol apontou que 38,4% das pessoas em quarentena relataram aumento no consumo de drogas, legalizadas ou não.

Essa pesquisa, ressalta a necessidade das pessoas buscarem ajuda em uma clínica de recuperação e reabilitação até mesmo para aqueles que caem na falsa ilusão de que conseguem controlar o vício sem ajuda profissional e sem precisar de internação voluntária.

Isso ainda é ressaltado pela percepção dos entrevistados revelando algo importante e assustador para quem vive fora da realidade da necessidade de um tratamento de drogas: mais da metade deles acredita que o uso dessas substâncias ajudou a lidar com a quarentena.

Uso de drogas X Saúde mental

Essa pesquisa foi realizada entre os dias 30 de abril e 15 de maio, ressaltando números altos que precisam entender a necessidade de uma internação voluntária para que a saúde mental não designe em recaídas.

Pessoas que não necessitam de tratamento em uma clínica de reabilitação, diante a uma pandemia e/ou isolamento social, transbordam sentimentos de impotência e desesperança, ansiedade, humor deprimido e estresse, podendo apresentar frequência e ainda ser um gatilho para doenças mentais recorrentes.

Todas as substâncias psicotrópicas (psicoativas) podem causar problemas de saúde mental agudos ou crônicos. O uso de drogas, principalmente as estimulantes, tanto vai afetar quem já sofre de alguma doença mental como quem tem propensão a ter uma.

O que fazer em casos de recaídas no tratamento de drogas?

Se você por algum motivo teve uma recaída em seu tratamento drogas, independente da quantidade ingerida, busque ajuda de profissionais, solicite remoção 24h em uma clínica de reabilitação feminina ou masculina.

Uma clínica de reabilitação para alcoólatras e dependentes químicos auxiliará também na parte psicológica para que saiba identificar e controlar a vontade de usar as drogas até mesmo em épocas difíceis, como no caso da pandemia do coronavírus.

Veja mais

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através do navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.