JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.

Os efeitos do LSD são imprevisíveis e mais devastadores do que muita gente pensa

Problemas com Álcool ou Drogas? Podemos ajudar!
(61) 99870-8865 / (61) 99905-8865
Ecstasy4

Para muitas pessoas, drogas “leves” como maconha e LSD não causam danos sérios à saúde. E ainda há quem defenda o uso, só porque algumas das substâncias, quando utilizadas em sua forma natural, podem ser aplicadas à medicina. Mas não é bem assim que a coisa funciona!

O LSD pode causar danos sérios à saúde, embora isso dependa da quantidade ingerida, do humor e da personalidade da pessoa, bem como do ambiente em que a droga é usada.  O usuário de LSD também pode passar por mudanças excessivas de humor, de qualquer tipo, que vai da alegria ao intenso sentimento de medo e terror. A pior parte é que o consumidor de LSD se torna incapaz de distinguir quais sensações são criadas pela droga e quais são parte da realidade.

Algumas pessoas que usam LSD experimentam uma imensa alegria que confundem com outros sentimentos de euforia, causados pelo LSD.  Elas não apenas se desassociam de suas atividades normais, mas também sentem o desejo de usar mais para experimentar o mesmo sentimento novamente.  Outros usuários, enquanto usam o LSD, têm pensamentos e sentimentos violentos e aterrorizantes, medo de perder o controle, medo de enlouquecer, ou até mesmo de morrer.  Depois que uma viagem ruim começa, geralmente não há como pará-la e pode durar até horas.

O que pode de fato acontecer com um usuário de LSD?

Algumas pessoas nunca se recuperaram de uma psicose induzida por ácido.  Tomado em quantidades suficientemente grandes, o LSD produz ilusões visuais e alucinações.  O senso de tempo e a autoconsciência mudam. Os tamanhos e formas dos objetos ficam distorcidos, assim como movimentos, cores e sons.  Até o toque e as sensações corporais normais tornam-se algo estranho e bizarro.

As sensações parecem “cruzadas”, dando ao usuário a ideia de ouvir cores e ver sons. Tais alterações podem ser assustadoras e causar pânico.  Um consumidor de LSD pode pular de uma janela para “olhar mais de perto” o chão. Ou então ele pode sentar e ficar apreciando o pôr do sol, inconsciente de estar no meio de um cruzamento movimentado no trânsito.  Muitas pessoas que usam LSD experimentam flashbacks e “viagens no tempo” do LSD, muitas vezes sem aviso, mesmo muito tempo depois de tomá-lo.

Viagens ruins e flashbacks são apenas parte dos riscos envolvidos no uso do LSD. Usuários de LSD podem experimentar uma psicose bastante duradoura ou depressão grave.  À medida que o LSD se acumula no corpo, os consumidores desenvolvem uma tolerância a medicamentos.  Em outras palavras, os consumidores regulares devem ter cada vez mais LSD para conseguir ter as mesmas sensações, o que cria efeitos físicos e aumenta o risco de uma viagem ruim que pode levar à psicose.  Também vale a pena salientar que drogas mais leves como o LSD e a maconha quase sempre são a porta de entrada para drogas mais pesadas.

Quais são os efeitos do LSD?

Geralmente, os primeiros efeitos do LSD são sentidos minutos após o uso da droga.  Muitas vezes, as pupilas dilatam, a temperatura corporal pode aumentar ou diminuir, enquanto a pressão arterial e a frequência cardíaca podem aumentar ou diminuir. Outros efeitos comuns são a sudorese ou calafrios.  Usuários de LSD frequentemente têm perda de apetite, insônia, lábios secos e tremores. Alterações visuais também estão entre os efeitos mais comuns. Por isso, um usuário de LSD não pode de forma alguma dirigir um automóvel.

Quanto tempo dura a sensação?

Os efeitos do LSD ocorrem gradualmente ao longo da hora após o usuário ingerir a substância. O pico é atingido em duas a quatro horas e os efeitos desaparecem gradualmente. A viagem inteira pode durar até 12 horas, e a intensidade dos efeitos depende do tamanho da dose. Alguns usuários se sentem deprimidos ou cansados por até 24 horas depois de usar essa substância nociva.

E a grande questão é: afinal, essa droga vicia ou não?  Sim. Algumas pessoas que o usam regularmente se sentem pressionadas a continuar tomando.  As pessoas que tomam LSD regularmente não apresentam sintomas de abstinência física quando param de tomar LSD.  O uso regular dessa droga, no entanto, cria um fenômeno de dependência química de seus efeitos. Isso significa que, se uma pessoa tomar LSD repetidamente por vários dias, ela não terá o mesmo efeito ao longo do tempo. Por outro lado, após alguns dias de parada, os efeitos reaparecem.

Existem perigos associados ao uso?

Às vezes, as pessoas que tomam esse tipo de droga sentem que estão se afastando. Elas podem sentir que estão perdendo sua identidade ou até se desintegrando.  Tal sentimento pode levar a um estado de pânico. Eles podem tentar fugir dessa situação, tornar-se paranoicas ou se comportar de uma maneira aterrorizante, também podendo atacar pessoas ao seu redor.  Se a condição não melhorar, elas devem ser levadas a um departamento de emergência do hospital para tratamento, e em seguida para uma clínica de reabilitação.

Não há casos de morte causadas exclusivamente por uma overdose de LSD. No entanto, o LSD pode dificultar o julgamento e levar a comportamentos irracionais e às vezes perigosos.  Esta droga levou algumas pessoas a acreditar que poderiam voar como um pássaro ou atravessar a rua sem prestar atenção ao trânsito, resultando em acidentes fatais.  Em algumas pessoas, essa droga pode provocar uma psicose ou piorar um estado depressivo da ansiedade.

Problemas psicológicos a longo prazo podem ser causados por uma má experiência depois de tomar LSD.  Tomar apenas pequenas quantidades ou pequenas doses de LSD não diminui necessariamente o risco de reações ruins.  Uma pessoa pode fazer uma viagem ruim com uma dose baixa, enquanto outra pode suportar uma dose alta. No entanto, grandes doses aumentam os efeitos alucinógenos da droga.

Quais são os efeitos a longo prazo do uso desta substância?

O uso do LSD pode ter consequências a longo prazo para usuários que tomam de vez em quando, bem como para usuários que o tomam regularmente.  Efeitos colaterais podem incluir ansiedade profunda, depressão e flashbacks de memórias ruins que a pessoa gostaria de esquecer.  O usuário revive experiências emocionais ou visuais que sofreu sob a influência dessa droga e esses flashbacks geralmente duram alguns segundos ou minutos, mas podem ser repetidos várias vezes.

Apenas alguns usuários têm flashbacks; por outro lado, os usuários que tomam LSD regularmente são mais vulneráveis. Portanto, esteja ciente de que essas reações geralmente ocorrem em pessoas com problemas de saúde mental, causadas ou não pelo ambiente onde vivem. Se você conhece alguém com dependência química, saiba que uma clínica de reabilitação pode ser a solução ideal para que ela se recupere totalmente do vício!

Somos especializados no tratamento de usuários de álcool e drogas. Podemos ajudar você fale conosco.

Veja mais

Preferências de Privacidade
Quando você visita nosso site, ele pode armazenar informações através do navegador de serviços específicos, geralmente na forma de cookies. Aqui você pode alterar suas preferências de privacidade. Observe que o bloqueio de alguns tipos de cookies pode afetar sua experiência em nosso site e nos serviços que oferecemos.